domingo, 2 de junho de 2013

O coração que manda? MESMO?

''Tudo que eu queria era escolher de quem gostar'' 

Criamos essa história  de que tudo sobre o amor vem do coração, mais eu sinto te informar que o nosso coração só bombeia o sangue e nada mais. 
A separação entre a razão e a emoção é uma abstração, longe da ficção, os sistemas cerebrais funcionam em conjunto, ao menos que você seja um psicopata ou tenha uma deficiência que tenha a cognição comprometida. Como nunca percebemos essa associação de pensamento e sentimento não quer dizer que não exista. Imagina aquela hora de raiva, que você agride alguém e diz que sua emoção te dominou, mais não foi, e sim apenas uma deliberação prévia (e muito racional) de sua parte que permitiu liberar essa sua tensão física sobre a pessoa. Imagine agora se fosse um negão de 2 metros de altura, você pensaria 2x antes de atacar certo? Exato! Você PENSARIA DUAS VEZES antes de deliberar essa ação, ou seja, esse impulso viria a tona e você decidiu não partir pra cima pois seria perigoso.
Por isso não percebemos a diferença entre pensar e sentir, é mais fácil atribuir tudo que sentimos ao coração.
Fica chato quando pensamos assim nessa forma tão mecânica, mas ela é apenas uma história que criamos a partir de elementos aleatórios, e assim montar um sentido que sustente nossos comportamentos. Se alguém nos perguntasse o real motivo do amor teríamos mil respostas prontas para o nosso interlocutor, mais a grande realidade é que não sabemos o que realmente nos levou a tomar aquelas decisões. 
Como não temos uma resposta plausível apenas respondemos:''Meu coração me levou a isso'' É a mesma coisa que fazemos para justificar uma compra, pois muitas vezes ignoramos muitos fatores na compra de um carro, uma casa e que simplesmente fazemos por impulso.
Quando pensamos no amor imaginamos que não temos controle sobre ele, mas como tudo amor é apenas um fruto de uma imagem mental. 
Como aquela garota que é obcecada por relacionamentos, que em quase todos precisava implorar atenção e lutar por espaços e importância. 
Só devemos aprofundar mais e desvendar o enigma dessa teia toda de conexões internas e criar novos padrões mentais, a partir disso podemos ter relações mais lúcidas e proveitosas. 

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Ah! O amor e suas comparações que me surgem


Com um sorvete, quando o que você mais precisa é se refrescar. 
Pensei em comparar com aquela flor que você plantou, você vê ela crescendo, cada dia mais linda, ai ela nasce e se mostra pra todos.
Como aquele copo de água depois de uma caminhada no sol. Como aquele prato de comida que só sua vó/mãe sabe fazer. Como aquele doce daquela padaria que nem é perto da sua casa, mas faz questão de ir até la buscar. Como a data do seu aniversario, que seus parentes e amigos desejam aquelas coisas legais para você. Como quando você acorda tarde, abre a janela e vê um dia nublado e logo lembra que esta de folga. Como quando esta apertado pra ir ao banheiro chegando lá esta lotado, então a vaga aparece, é um alivio total. Quando sua mãe sai no domingo e volta com comida bem na hora do almoço. Como aquele dia que você abre a geladeira e encontra o ultimo quadradinho do chocolate perdido, é como se ele tivesse ali só esperando você o encontrar. 





sábado, 4 de maio de 2013

 Saudade: 1 Recordação nostálgica e suave de pessoas ou coisas distantes, ou de coisas passadas. 2 Nostalgia. 



Agente vai vivendo essas histórias malucas de não amor, e vai lembrando do que já foi verdadeiro, do que realmente você poderia apostar suas fichas e a saudade é um mix de arrependimento por tudo que agente NÃO fez, por tudo que poderia ter acontecido mas o ser humano erra e eu errei também! Saudade de coisas simples, que certamente seria um pouco diferente nos dias de hoje, seria mais intenso, não teria dia/hora marcado pra se ver, tudo seria diferente, só tenho certeza disso. 
Saudade de namorar debaixo daquela árvore grande de noite, de ficar em frente das casas dos amigos, da sensação de chegar perto de quem eu tanto gostava! Aquela sensação que eu posso dizer que nunca senti com ninguém até então, não sei se é tão marcante assim porque foi a primeira vez que eu disse Te Amo, ahhh a primeira vez, ensaiei o dia inteiro pra falar isso, tonta eu, era apenas falar o que estava sentindo, saia gemidos, mais nada de um te amo. A vontade era tanta que tomei coragem, disse bem baixinho e ele retribuiu, foi a lembrança mais linda que guardo comigo até hoje, fora os beijinhos que inclusive também foi o melhor :( agente ficava horas beijando. Durou tão pouco, que nunca tivemos uma briga, era tudo tão perfeito, que quando começo a pensar sinto um aperto tão forte! 
Se um dia ler isso, tenha certeza que lembro de cada dia, da primeira vez que vi você, de cada minuto juntos, de tudo que fizemos, do dia que tudo aconteceu, do seu cheiro, do seu beijo, do seu abraço, da sua voz, de como você pegava na minha mão, das despedidas, do reencontro. Não sei mais o que falar, só que sinto saudades da gente junto. <3

domingo, 21 de abril de 2013

SE VOCÊ BATE PUNHETA, PARA AGORA!!!

Uma coisa que realmente me deixa muito puta nessas conversas formais é que as pessoas batem punheta!!! punheta mesmo, aquele prazer solitário.


Será que ela está me ouvindo?

Não gente, as pessoas não querem conversar, mais querem ficar em uma masturbação sozinha.
Elas até oferecem ajuda, mais se você aceitar é um problema... 
Você está desabafando sobre algo, e elas contam uma desgraça maior que a sua, elas nunca escutam o que você está falando, só estão esperando você terminar para dar sua opinião brilhante
Uma coisa que me incomoda um pouco nessa punheta toda, é que não existe uma troca realmente, puxam assuntos dos quais não sabem, e não existe propósito definido no meio disso.
Opiniões generalizadas sobre tudo, julgam algumas realidades que nem se quer viveram, tudo com pouco caso, e em discussões normalmente usam argumentos que viram em revistas do tipo ''Caras''.
Deem mais atenção as pessoas, mostrem o amor que sentem por elas, saiam de seus mundinhos e bota o pé pra fora dessa sua casa imaginária que se chama egoísmo, faça eu gozar junto com você, se for criticar seja amplo nas idéias, não só despeje esses julgamentos soltos.
Alias continue batendo punheta, mas faça sozinho ou me faça participar, afinal não quero ser sua platéia. 




sexta-feira, 12 de abril de 2013

Todo homem pelo menos uma vez quando criança desejou ser um super herói e salvar o mundo, mais com o passar dos tempos desistiu de usar aquela cueca ridícula vermelha. Sempre defendi os homens e suas atitudes, mais por tanta merda que ando vendo, não vejo mais motivos para defender! Sinto vergonha por eles... Essas mentiras, pouco caso, histórias muito mal contadas só para garantir uma transa. 
O que mais existe no mundo, são mulheres que estão ta afim de dar para vocês, daí vcs agem como abutres em cima da carniça tentando ganhar o tal filé premiado ou a garota mais linda do lugar, se não conseguem voam pra cima da mais ou menos e na pior das hipóteses ficam com aquela feinha legal, apenas pra não sair de mãos abanando, certamente ela vai ficar com você e te chupar do jeito mais gostoso do mundo pra ver se consegue virar sua namorada, mais é claro que você não vai aceitar... Não seja covarde, lembre-se da época que você queria ser um super herói, eles não mentem, então por favor faça o mesmo! Diz que tudo foi bom, mais que não quer nada mais sério. Não diga que vai ligar no outro dia, não diga que ela é muito legal e pior, não inventa que você não está no seu melhor momento! Apenas seja honesto, pode parecer cruel, mais é melhor que queimar sua fama que certamente deve ser fudida de boa!! A coisa mais ridícula do mundo, é fingir um vínculo apenas para conseguir um BOQUETE DELIVERY, pra mim isso é coisa de quem não tem valor algum, coisa de moleque.
Cresça, aprenda que degustar uma coisa de cada vez é bem melhor, aprenda que qualidade vale bem mais que quantidade, comece a ouvir o que as pessoas tem pra te dizer, não banque o fortão que sempre aguenta tudo, e pare de agir como se nada mais te importasse! Arrogância, essa é a palavra que mais escuto e ando pensando, é o verdadeiro sinônimo desses homens, tudo por conta dessas atitudes imbecis que andam tendo! 
Volte quando tinha apenas 7 anos, sentiria orgulho de ver o que você se tornou hoje? Pense naquele pai que abandonou os filhos e que sempre foi um marido ausente porque só pensava em seu próprio umbigo (ou pau né). Pior de tudo é que você esta sendo essa cópia ridícula e fiel desse tipinho. 
Não sou dessas defensoras cegas das mulheres, porque acho que não precisam (pelo menos eu). Aproveite o tanto que quiser e use o seu pinto o tanto que achar que deve, mais não precisa perder essa ética e o mínimo desse senso de valor humano.
E por último se quer ser chamado de Homem (com H mesmo) ,mude suas opiniões e faça alguma diferença nessa porra de mundo, pois acho eu que aquele menino de 7 anos ainda vive dentro de você. 



segunda-feira, 8 de abril de 2013

*Comportamento masculino* Sempre tem aquelas mulheres que vem com mil pedras, cheia das opiniões e blablabla (me irrita!) MULHERES mesmo, no PLURAL, que medem todos por um ou dois! Te pergunto, quem são essas mulheres que são sempre vitimas desses tais homens insensíveis e sem coração? Parece que porque algumas vezes se deram mal, ou viram alguém próximo sendo vitima desses homens e criam essa visão tão feia como se TODOS OS HOMENS fossem iguais. (Pensando no nosso sexo, tem mulheres de vários tipos, as certinhas, as que dão pra todo mundo, já penso se eles começassem a nos comparar com essas? as feminista PIRA!!! MESMA COISA QUE ESSE PRECONCEITO RIDÍCULO) 
Acho isso errado e tosco. 
Criam uma torcida contra, e é ridículo apenas por UM motivo: Somos nós que engravidamos deles e criamos. 
Somos nós que escolhemos com quem ficar e nós que educamos nosso filhos, são eles que se tornam esses ''homens ruins e machistas''. Somos nós que colaboramos com isso? Somos nós que aturamos esses comportamentos, essas humilhações, esses mals tratos, as traições... 
Pensamos no futuro, amamentamos esses filhos mimados que no futuro se tornará esses homens que tanto acusamos! 
Nesse tempo que a moral dos homens acabaram é muito fácil dar um pontapé em anonimo num bonzinho e generalizar o resto.
Quando vejo essas mulheres falando mal penso assim: levaram um pé na bunda tão grande que agora se acham boa o suficiente pra julgar todo o resto!  Nós sabemos que existe homens bons, mais julgamos dizendo que são bobos, crianças e etc... 
Se você pensar assim, por favor não case, não tenha filhos, não viva, ou melhor, vire sapatão, pois NENHUM HOMEM PRESTA LEMBRA? Afinal mulher é melhor que homem, e você não vai querer cair em contradição com sua ideologia não é? :D 

domingo, 7 de abril de 2013

Eu te imagino do meu jeito, não que seja correto e nem errado, ou que seja errado então, eu não me importo... minha cabeça cria expectativas necessárias para que eu continue respirando, respirando e te criando, aí vai: Que seja engraçado o tempo todo, 
Que me acompanhe nas ironias,
Que me compreenda quando eu estiver naqueles dias,
Que esteja sempre atento as minhas manias e que não são poucas...
Que me beije a boca pelas manhas,
Que tenha o melhor abraço do mundo inteiro, 
O cabelo mais cheiroso, o braço mais peludo, a barba por fazer, os olhos mais bonitos, a barriga saliente, o sorriso mais lindo, a risada mais gostosa de se ouvir, tudo que eu sempre desejei, o amor que eu tanto sonhei.




quinta-feira, 4 de abril de 2013

Ele era um carinha comum, como todos os outros do mundo, muito bobo, mais esse era seu charme, chamava atenção nas rodinhas, era o tipo de cara que poderia ''escolher'' com quem ficar de fato. Engraçado na história é que ele nunca tinha ninguém, pessoas falavam dele, as meninas olhavam pra ele, mais ele sempre quetinho na sua, só esperando. Como disse, o tal carinha podia escolher com quem ficar, mais nunca escolhia, ninguém o preenchia.
Ela não era a mais bonita, mais seu charme era incomparável, a alegria que carregava enchia qualquer lugar, aquele olhar tímido, se contrariava com aquele belo sorriso. 
Ele já havia ouvido algumas coisas dessa tal menina, já tinha visto ela com alguns caras, mais não, definitivamente não era seu tipo, ela não dava moral pra ele como as outras, muito menos olhava em sua direção, como no começo dessa história, ele era só mais um carinha no mundo, como todos os outros. 
Ele sempre dizia não. Ela nem se quer pensava sobre esse assunto.
Mais um erro na história, ela pensava sim e ele sabia, outro erro, eles eram colegas, não muito chegados, mais pertenciam ao mesmo grupo de amigos. 
Hoje ele acordou sorrindo, voando alto, nem lembrava qual foi a ultima vez que sentiu dessa sensação, tomou café como de costume e lembrou que havia alguém pensando nele, pegou seu celular e enviou uma mensagem de bom dia       para a menina. Um toque, apenas um toque no celular mudaria o dia dela completamente pelo menos naquele dia. Tão ingênua, tão boa, uma mensagem sem graça e sem dizer quase nada, mais foi tão importante e a fez tão feliz naquele momento que ficou relendo o dia todo só pra ter aquela sensação boa novamente, e isso refletiu em todo seu dia. 
De certo modo eles procuravam tanto por alguém que queriam, que por acaso acharam alguém que precisavam. 
Tudo o que temos na vida, é reflexo de nossos esforços, se você tem alguém é apenas o que você precisa nesse momento, pode até ser para sua vida toda, mesmo que você não perceba. Comece dando valor a cada momento, saiba respeitar seus relacionamentos, e não limite seus sentimentos, porque amor é sempre bem vindo, seja pequeno, grande, o tamanho que for. Não precisa ser igual aos outros, muito menos normal, basta apenas ser real. 

domingo, 31 de março de 2013

"Eu quis tanto ser a tua paz, quis tanto que você fosse o meu encontro. Quis tanto dar, tanto receber. Quis precisar, sem exigências. E sem solicitações, aceitar o que me era dado. Sem ir além, compreende? Não queria pedir mais do que você tinha, assim como eu não daria mais do que dispunha, por limitação humana. Mas o que tinha, era seu. Mas se você tivesse ficado, teria sido diferente? Melhor interromper o processo em meio: quando se conhece o fim, quando se sabe que doerá muito mais — por que ir em frente? Não há sentido: melhor escapar deixando uma lembrança qualquer, lenço esquecido numa gaveta, camisa jogada na cadeira, uma fotografia — qualquer coisa que depois de muito tempo a gente possa olhar e sorrir, mesmo sem saber por quê. Melhor do que não sobrar nada, e que esse nada seja áspero como um tempo perdido. Tinha terminado, então. Porque a gente, alguma coisa dentro da gente, sempre sabe exatamente quando termina. Mas de tudo isso, me ficaram coisas tão boas. Uma lembrança boa de você, uma vontade de cuidar melhor de mim, de ser melhor para mim e para os outros. De não morrer, de não sufocar, de continuar sentindo encantamento por alguma outra pessoa que o futuro trará, porque sempre traz, e então não repetir nenhum comportamento. Ser novo. Mesmo que a gente se perca, não importa. Que tenha se transformado em passado antes de virar futuro. Mas que seja bom o que vier, para você, para mim." 
Caio Fernando Abreu (Meu preferido)
Finais de semana, todos enchem o peito e gritam na noite:''Eu sou de ninguém, eu sou de todo mundo e todo mundo é meu também'', mero detalhe é que a falsa sensação de desapego acaba junto com o efeito que a bebida traz para nós, a bebida e os beijos sem compromissos claro, esses adeptos da geração ''tribalistas'' após isso se dirige ao colega mais próximo e até em terapias reclamando sobre solidão, rejeição e aquela falta de interesse das pessoas. Essa grande maioria não quer ser de ninguém, mais quer alguém para ser seu. Infelizmente não da apenas para ficar só com a cereja do bolo - beijar e não ser de ninguém. Para ter a cereja é preciso ter o bolo também, esses ingredientes vão além desse descompromisso que existe hoje, eu mais que todo mundo não consigo não seguir as regras básicas como:o telefonema do dia seguinte, não se importar se a outra pessoa esta beijando outra e etc etc etc... Incluindo a delicia que é assistir filme debaixo das cobertas num dia chuvoso, aquele prazer gostoso de dormir e acordar junto com a outra pessoa,aquele companheirismo, a cumplicidade, amor... Namorar não é só cobrança, é cuidar da pessoa e ser cuidado pela outra, telefonar só pra dizer bom dia, ir ao cinema de mãos dadas, transar por amor, ter um colo amigo para chorar ás vezes, fazer e receber cafuné, é ter alguém para amar. Somos livres e fazemos apenas o que queremos, para mim a sensação de liberdade não é ''sair, beijar na boca e não ser de ninguém'', é ter aquela coragem de se entregar, ser autêntico e se permitir viver esse sentimento tão bom...


quinta-feira, 28 de março de 2013

Fiquei pensando a noite toda sobre algum tema que dessa vez agrade a todos, (homens e mulheres) então pensei em falar sobre algumas coisas que podemos aprender com o sexo oposto! Lembrando que na maioria das vezes eu não costumo defender o meu sexo, apesar que tenho orgulho de ser mulher, mais ás vezes as idéias não batem e não esqueçam que eu não sou normal :P na verdade são dois textos, vou escrever junto porque são continuações, primeiro para as mulheres e o que podemos aprender com os homens (essa é minha opinião, a sua que se dane, crie um blog e escreva sobre a sua)  

Como usar mais sua razão, deixando a emoção de lado - Mulheres geralmente são mais emotivas, não estou dizendo que é ruim, só que na maior parte das vezes a mulher perde noção da realidade, isso causa uma cegueira psicológica. O homem nessa parte, ajuda a mulher a pensar em coisas mais concretas e objetivas. 
Mais frieza diante das decisões - Tomadas pela emoção, nós normalmente se  jogamos em qualquer situação que poderá complicar nossas vidas. Mulheres cedem a esses calores do momento, vivendo a cada minuto intensamente. Já o homem, diante das decisões, hesita, desconfia e pondera melhor as opções, geralmente não abaixa a cabeça e não cede aos apelos emocionais.
Homens são movidos a esses jogos de poder e interesse, por isso costuma articular os fatos, os argumentos e postura de um modo mais incisivo.
As fúrias emocionais - Somos uma espécie de tempestade imprevisível, vivemos como se estivéssemos em pênalti final na época da copa do mundo contra argentina! Essa ''fúria'' inclui paixão, medo, desejo e ódio. O homem é um ferro frio, que tempera a energia da mulher com essa energia fixa. Flutuações ganham uma margem. Num relacionamento, o homem dilui todo o encanto usando apenas uma palavra, ''amor'' dos homens são diferentes, eles não hesitam em beneficiar nada, mesmo que machuque a mulher. (E machuca mesmo, mais cada vez mais percebo que mulheres aceitam qualquer coisa apenas por medo de ficar sozinha, e dizem que no mundo só existem ''moleques'' e faltam homens, falta de surra isso.)
Cortam as coisas que não estão fazendo bem - Mulher realmente gosta de sofrer, o homem tem uma característica que me inveja muito, ele tem capacidade de se fechar, romper e ás vezes até matar, morte simbólica claro, forças que geralmente eles necessitam para as guerras. Mulheres possui vínculos, nem sempre conseguimos romper algo, pode estar associado com algo como dar á luz, conseguiríamos romper algo assim? Homem busca novos horizontes e deixa para trás tudo que o não esta fazendo bem a ele. Essa característica é mal vista entre as mulheres, um exemplo, quantos casos vimos hoje em dia de separação entre eles, qual sexo refaz sua vida primeiro? O homem claro! E isso beneficia outras oportunidades na vida, tipo um novo ciclo, se fossemos assim, não existiria tantas mulheres deprimidas com o fim dos relacionamentos. Apenas por apego ou comodismo, nós mulheres ficamos presas por histórias que nós mesmos idealizamos, o masculino jamais. 

Mulher ficou incomodada com oque o eu escrevi? E os homens gostou? que bom... mais pera! Vamos pensar no que os homens podem aprender com agente! (Se é que tem alguma coisa :p)

Começando, sendo mais honestos com os sentimentos - Homens ao meu ver, cria uma honra imaginária que não os deixam lidar com essas questões práticas de uma forma mais emocional. Nada de tomar decisões enquanto estão tomados pela emoção. O homem sente uma coisa e faz outra, se sentem superior e dominador, não cedendo ao prazer que quer de fato, mesmo que tenha certeza que seu coração queria seguir outro caminho. 
Não se entregam as experiências - Diante de um conflito, ele cria uma cabana protetora, e não sai de lá até pensar em uma solução concreta. A mulher é diferente, navega dentro desse problema e tira saldos positivos a partir de cada experiencia (mesmo que esqueça logo após o que aprendeu com  tal situação). Homens julgam, afinal eles só jogam realmente se estiver todas suas cartas na manga. 
Mais flexibilidade - ''Homens são teimosos'', não concordando com essa frase, mais é que sempre escutei isso dentro da minha família, não vejo uma teimosia, mais sim um horizonte mais pratico. Nós mulheres, sabemos contornar uma situação com mais leveza. Aquela sensação de vitória que é tão desejada pelo homem, a mulher deixa em segundo plano, o triunfo da mulher é vivido mais por experiências, se estamos concorrendo a uma vaga no serviço, cedemos a vaga mais fácil que os homens, e se caso uma mulher vença vcs, já sabem né... não apenas por machismo, mais é que perder algo realmente não entra na cabeça de um homem.  
Se entregue mais ao amor - Homens tem sentimentos sim, amam sim, mais de uma forma diferente, ele gosta de procurar uma identidade pessoal que o transforme eu acho, a mulher se entrega de cara, (por isso vive quebrando a cara). Se um homem precisa ir para a guerra, certamente ele vai te deixar e ir,  eles seguem uma espécie de código de honra, que ás vezes nem percebem, é um amor abstrato, ele ama com o corpo e com os sentimentos (vivo dizendo que boto mais fé em um homem apaixonado que uma mulher). Quando um homem está preocupado com a situação em alguma parte do relacionamento, a mulher simplesmente o beija e acaba descongelando a tal ''cabana protetora'' que ele criou, o amor e carinho de uma mulher o renova!
Uma ligação perfeita eu digo, quando começo a pensar e questionar esses comportamentos, eu vejo a cada dia mais que o amor não morre nunca, ele fica ás vezes esquecido ou guardado, mais quando é pra ser realmente, nós percebemos e se entregamos. 

Bom pra intender melhor o que eu escrevi, assista Querido John acho que veio daí a inspiração :D 
o trailer: 







domingo, 24 de março de 2013

Há!

Tive um encontro! Ok... e? Devo ligar ou esperar ele ligar? Transar no primeiro encontro ou no segundo, terceiro, quarto, quinto... ?
Consigo ver um final bem trágico para esse tipo de relacionamento que logo no inicio se torna um jogo de apostas. 
Jogo simples esse: qual dos dois que vai expor primeiro a necessidade de contato e se mostrar o ''vulnerável'' da relação? 
''Se ele ligar eu ligo''. Esse tipo de postura é tipo uma competição implícita que pode durar seu relacionamento inteiro, o jogo contra com duas regras e elementos: a fé e a análise.
Como fazer uma análise concreta se não existe elementos que estão bem claros?
Um exemplo, lembra da época da escola que agente plantava feijão em algodão? Aquilo parecia mágica, mais não é! aquilo é apenas uma inteligência natural, ou seja a natureza cuida disso, tire o feijão o algodão e a água e nada acontece! Amor é isso, algo que você plante para colher, não é um sentimento que surge sem contexto ou realidade. Simples: O feijão não vai crescer sozinho se você não regar, cuidar. Não existe milagres sem investimentos e risco. 
As pessoas dizem: Se eu demonstrar e se ele não me querer? não quero ficar ficar frustada novamente. QUE EGO EIN? JA SOFREU DEMAIS E AGORA ESTÁ SE AUTO PROTEGENDO! (eu faço isso)
Se sofreu foi porque esperou milagres sem esforços, se você se acha importante demais para expor seus sentimentos e orgulho em risco você só terá feijões que nunca irá brotar.
Eu não confio em relacionamentos que deram certo apenas por sorte, chega uma hora que o casal se vê e não gosta mais daquilo que vê. O amor é uma construção, precisa dos dois colocando tijolos para que a casa se forme, medrosos sempre perdem nesse tipo de relacionamento, pois querem entrar apenas em casas prontas, sem ter esforço algum, querem garantias e não vão encontrar. Então acerte nas medidas, que terá bons resultados (ou não), deixe bem claro quais são suas vontades (feijão), com gentileza e clareza (água) num terreno que você tenha certeza ou quase isso (algodão) e deixe que as coisas boas vem entrando (sol). O pezinho vai vingar? Depende, as coisas não estão só em nossos controles, mais a parte de amor maduro você já fez, apenas tente confiar nisso! 

quinta-feira, 21 de março de 2013

E quando eu me cansar? Não vou ter mais aquele peito forte que eu deitei duas vezes, e justo eu que sempre odiei os malhados! Eu só peço que não comece a te odiar porque não existiria tanto ódio assim dentro de mim. Apesar que eu quero sim te matar, porque só você responde minhas perguntas com um ''???'', chato, enjoado que já descobriu todas as coisas que me irritam e que certamente gosta de me ver assim. Não somos um casal, mais duvido que tenha alguém que irrita tanto assim como você, quer dizer,aaaa eu sou loca. Mais o homem perfeito teria a maior paciência do mundo em me curar dessa loucura, e você em aumentar. Mais eu gosto dessa loucura, porque daí saem coisas geniais que me fazem escrever mais e mais. é cansativo viver disso, mais eu ando respirando sua existência, e eu só colocando virgulas teatrais para que você não enjoe de mim. Quase te amar não é fácil, alias são tantos quases que por pouco você nem existiria, porque só uma pessoa perfeita merece tanta atenção assim! Eu ando te anulando a tempos, repetindo para mim mesmo o quanto eu fraquejo, o tanto que eu ando me enganando. E fazendo isso eu só consigo pensar ainda mais em você, matou aquele sonho de perfeição e e me libertou para começar a viver. 
E eu ando por aí, me completando sozinha, e alguém tentando escrever certo nas nossa linhas tortas, que se não fossem tortas talvez não tivesse se cruzado. 
Conversando com uma amiga que namora há um tempinho já, fiquei pensando nos defeitos que ela colocava no seu namoro, normalmente quem ta por fora e conhece os dois pensa logo:quanta frescura, eles são tão perfeitos!! ai resolvi escrever sobre alguns sinais que mostra que o relacionamento já deu o que tinha que dar, pensei em 7 apenas, acho que são os piores, aí vai...

A AUSÊNCIA DE CONVERSA - (como uma boa falante sem parar, acho que esse pode ser o pior)
Eles podem até conversar, mais assuntos banais apenas. Eles trocam informações, mais estão pouco interessados no universo do outro, eles cumprem aquele ritual de casais que se comunicam, mais não dialogam de fato! Guardam para si mesmos momentos ruins e amargam as boas noticias sozinhos. 

AQUELA PERDA DE BRILHO NO OLHAR - (fatal!) Algo parecido quando se olha uma jóia ou uma paisagem bem bonita, e se olham sentem aquela sombra do passado pesando sobre os dois. Sentem falta daquela pessoa que um dia se encantaram e que foi morrendo com o passar do tempo.

BRIGAS Aumenta a frequência com o passar do tempo, e os motivos na maioria das vezes são pequenas. Não são mais aquelas brigas que cobravam atenção ou por saudade, são brigas cheias de acusações pesadas, que aos poucos vai desgastando qualquer um! Os dois ficam cansados e tão pouco se lixando em ceder alguma coisa para o outro.

VOLTAM A PENSAR EM SUA VIDA DE SOLTEIRO A pessoa começa a fantasiar sua vida sem aquela pessoa, retoma aos seus sonhos da adolescência, começam a por seus projetos em dia e passa a ter um mundo paralelo, cheio das realizações que não incluem o parceiro. Ao final disso já não existe compromisso, o único compromisso é consigo mesmo.

SENTE COISAS POR UMA OUTRA PESSOA - (aí ja era!!!) Nosso coração vive de esperanças, e é natural que a mente comece a buscar estímulos para continuar seguir em frente, a partir daí surgem colegas de trabalhos, amigos dos amigos, no meio disso entra a traição, ás vezes nem por sacanagem e sim por desespero. 

SE SENTE TRISTE, SOZINHO - (continuação desse /\) Sente aquele mal estar, aquela angústia que não tem nome, um desejo que tudo volte a ser como antes para tentar impedir os erros do passado. Mal se arruma mais, mal sai de casa! (Por isso na maioria dos términos, logo no fim as pessoas mudam e voltam a ser vaidosas, afinal estão voltando para o ''mercado'' não é?)

ASFIXIA É o mesmo sentimento quando voltamos de férias, ao encontrar com o parceiro a sensação de asfixia chega a ser enorme, você até sente saudade quando está longe, mais quando a vê sente repugnância e desconforto.
Normal é pensar que essa saudade esta apontando que ainda dá tempo de salvar o amor dos dois. Ex, (gosto de exemplos malucos :p) Final de semana ou um feriado vai chegando, aquele desespero entrando, no caso as segundas feiras se tornam um alívio, afinal mergulhar no trabalho ameniza aquela sensação de prisão.

Tantos exemplos de acomodação, soco na cara de alguns e a vida continua passando.



quarta-feira, 20 de março de 2013

Amor Platônico (Não gosto de por títulos nas postagens, mais hoje eu acordei diferente :p)

Quem nunca passou dias, meses e até mesmo anos admirando uma pessoa sem nem arriscar um gesto, uma palavra ou até mesmo uma declaração? Acho que quase todos já passaram por isso, aaa meus 15 anos!! 
Eu olhava aquele menino de longe e ficava imaginando mil cenários, encontros românticos cheio de luzes e aquelas promessas de amor eterno (sim, eu sou uma romântica enrustida :p) Eu ouvia essas musicas que falavam sobre amores impossíveis e chorava, sofria pela ''rejeição'' que nem existia, pois ele não sabia! Uma vez me abri com uma amiga, e ela fez o GRANDE favor de contar pra ele! Na época tinha 16 anos e ele começou a olhar pra mim no recreio da escola, já era minha vida, eu era tímida e não sabia mais como agir. Isso tudo me fez chegar em uma única conclusão: eu preferia o menino que estava em minha cabeça, do que o menino de verdade.
O tempo passou e hoje eu posso formular melhor isso, só nos apaixonamos pela pessoa que está na nossa cabeça, nunca pela pessoa real!
Olhe para a foto da pessoa que você gosta, talvez lembre do sentimento das primeiras vezes que olhou a foto, a esperança, o frio na barriga, o suspense e os sonhos. Alimentamos uma ''relação'' que nem se quer se concretizou. Com o passar do tempo, essa foto toma outras feições, e se o ''relacionamento' acaba, nem conseguimos olhar mais para foto.
O que mudou? A foto ou o nosso olhar?
Isso certamente é o motivo das maiores mágoas, brigas e decepções que um casal vive. No fundo não brigamos com a pessoa real, mais sim com a imagem que montamos dela.
Na fantasia a pessoa reage de um jeito, na vida real é outra! Nunca aceitaríamos essa incoerência e brigamos com o outro sem explicação.
Nos maiores sonhos platônicos não existem mal humor nem contra tempos, afinal tudo é um encaixe perfeito! 
Voltando na minha história, quando o menino passou a me olhar, eu sai da minha zona de conforto, meu controle acabou, e eu já não pudia mais manipular sua imagem como antes. Isso nem muda tanto quando estamos com uma pessoa, agente enxerga apenas o que queremos e isso se chama projeção, usamos um óculos que delimita o que queremos enxergar apenas, podemos nos sentir perseguidos com apenas um ''oi'' e amados com um ''me deixe em paz'', nossos ouvidos sentimentais só captam aquilo que queremos. 
Só amamos quem inventamos na cabeça, se suprir as expectativas, UHUL! pois dificilmente irá se decepcionar, se magoar ou se surpreender com as atitudes dele! No nosso mundo ideal tudo anda sempre sob controle de seus desejos e carências são atendidas sem hesitação. É natural tudo mudar, mais no entanto queremos que elas fiquem iguais e inabaláveis. Igual quando deixamos uma pessoa e entramos em um outro relacionamento, apenas transferimos as expectativas já criadas de um corpo para outro na esperança de tudo se encaixar no nosso tão sonhado amor platônico. Não se culpe que nenhum relacionamento deu certo, é apenas sua forma emocional que esta com problemas, portando se você quer um relacionamento real, saia da sua cabeça e se apaixone pelas diferenças e divergências, que certamente irá encontrar :D



domingo, 10 de março de 2013

- Doutor, posso te chamar apenas assim? 
- Pode sim, o que levou uma jovem como você a me procurar hoje? - Doutor responde. 
- Vim aqui hoje por um motivo estranho. 
- Qual?
- Ás vezes eu tenho medo de me apaixonar.
- Me explique melhor...
- Li ontem sobre desilusão amorosa, percebi que fui muito machucada por um rapaz, ele chegou do nada de um jeito estranho e me conquistando aos poucos, me disse várias coisas lindas, tivemos momentos incríveis. Logo eu quis que ficasse mais sério, ele recusou. Meu mundo desabou, ele se afastou e eu perdi ele. Desde aí eu não consigo me doar mais, não consigo beijar ninguém, falar com ninguém, meu corpo congelou.
- Há quanto tempo isso?
- Há 4 meses doutor, sou assediada, paquerada, mais não consigo, não confio mais, acho que todos estão mentindo e que vai acontecer o mesmo se eu me entregar novamente.

Bom um caso tão comum, não é? Isso acontece muito após uma desilusão amorosa, não quero dizer se acho isso certo ou não, não quero falar se existe perdão, mais é inevitável...
Se entregar SEMPRE será arriscado, na verdade piora se VOCÊ colocar algo em risco, se você se mostrar demais, se envolver demais, se torna um perigo.
Normalmente no amor queremos certezas, promessas, garantias, normalmente nada disso é cumprida, nada disso é possível de fato. Afinal nada na vida é feita de garantias, tudo muda, gostemos ou não.
O amor talvez só aconteça quando somos desprendidos uns dos outros, o amor muda, as pessoas mudam! 
O segredo é não prender o sentimento em uma jaula de regras a serem seguidas, conceitos e fantasias, o amor é mutante, aceite suas mudanças e se permita mudar.
A pessoa que desiste de amar, vai perder coração acelerado, aquele friozinho na barriga, pernas bambas e algumas horas menos de sono todas as noites. Se negar a isso é o mesmo que parar de respirar. Você não vai conseguir!
Apenas viva, vá até aonde der, se permita e intenda que o rumo de um relacionamento assim como tudo na vida, na pior das hipóteses vai fazer você amadurecer.
E na melhor das hipóteses, você pode sentir um pouco disso que chamamos de ''felicidade''!





Esse é pra você Renato! :)

O amor é repetitivo. 

Amor não se mede, não se compara, não é cobrado e muito menos se pede. Vem de repente, quando já não se espera agente sente.
Uns pedem de joelhos para ter, outros pedem para um dia esquecer. 
Alguns se fecham e desiste de tentar, uns gostam do gostinho e preferem arriscar. 
Alguns se confundem e pensa que irá faze-los sofrer, outros se doam e se permitam viver. 



E você o que faz? 


quarta-feira, 6 de março de 2013

Bom, to embarcando nesse tema porque eu acho que posso falar com propriedade, então mais um texto, fontes ''desconhecidas'' UHUAU 

Tipicas frases de nós mulheres: 
''NÃO VOU LIGAR PRA ELE, NUNCA VOU ESQUECER DE TER ENCONTRADO COM ELE NA BALADA QUANDO SE DIZIA DOENTE'' aham.
''EU CORTO MINHA CABEÇA FORA MAIS NÃO VOLTO COM ELE, ELE ME CHAMOU DE VAGABUNDA NA FRENTE DO MEU FILHO!'' a mais nova decepada.
''QUE UM RAIO CAIA NA MINHA CABEÇA SE EU ATENDER MAIS UMA VEZ ESSE TELEFONE APÓS ELE TER ME TRAIDO'' o raio caiu três vezes e sim, ela atendeu.
''ME ABANDONOU COM UM FILHO RECÉM NASCIDO, E AINDA QUER MEU CORPO? SEPARAÇÃO NA CERTA!'' separou, mais o cara a teve por varias vezes após isso. 

Os homens fazem besteira? SEMPRE, não vou ser hipócrita, mais cara, e agente? agente se supera, digno de reality show!!
Nunca ajude uma mulher, ela quer ser reconhecida pela dor de ter sido traida, é uma infantilidade, nenhuma gosta de descer do palco sem ser a estrela principal, ou seja, sem estar por cima.
Se aceitam de volta o carinha, ainda dizem:''Faça comigo o que você fez com ela na cama'' 
''?'' É quase um certo tipo de prazer serem deixadas de lado, em segundo plano.
É LÓGICO? não, É RACIONAL? não, É SAUDÁVEL? não! 
É uma dose de submissão, no qual já perdeu faz tempo, mais fazem questão de vivenciar.
Sabe aquela garotinha que faz birra pra subir no colo do pai? é tipo isso, não importa a situação, elas querem conseguir o que tanto querem! O que ela quer no final das contas? nem eu sei, mais sei que não é assim que conquistará o amor e o respeito dele. 

Bom, não sou um exemplo, quem me conhece sabe, to falando sobre emoções de alguns momentos que me culpo até hoje. 


Vale a pena assistir! 




domingo, 3 de março de 2013

LINDA tem um milhão de homens atrás das lindas, SENSÍVEL, poxa quem não quer do lado uma mulher sensível não é? INTELIGENTE, quem nunca sonhou com uma mulher que tenha assunto e que te acompanhe nas ironias? Mesmo com tudo isso porque existem tantas mulheres procurando o par perfeito então, mesmo sabendo do que os homens gostam? Sem generalizar, mais já generalizando elas cometem alguns erros:
Prevalece a beleza exterior
Nada melhor do que ver um embrulho bonito bem cuidado, o problema é que a maioria cuida mais do corpo que da mente. Seu olhar fica condicionado a exalar beleza por onde passa e seu critério seletivo passa a ser o mesmo. O universo de pegação, baladas e academia, e lá estará um monte de pessoas que pensam o mesmo. Qual o problema? Nenhum, mas não pode se alegar que o amor real surgirá no meio disso, se a aparência for ponto exclusivo.
Acham que não valorizam só a própria aparência
Normalmente gostam de ler, estudar sobre assuntos legais, mais querer não é poder né! Elas se fixam na aparência como fator principal, e admitem isso? Nunca!
Procuram o cara bacana, inteligente
Elas adoram dizer que está atrás do cara meigo, sensível, afetuoso e companheiro, coloque um cara dessa espécie nas mãos delas, resultado? Vão enlouquecer o carinha com mil exigências, o cara provavelmente se apaixonara e esse será seu passaporte para o inferno.
Mas só ficam com cafajestes
Elas preferem esses, afinal eles as confundem, a prepotência é tao grande que parece que ele sabe o quer da vida, claro que não sabe, mais sabe fingir muito bem e demonstra segurança em tudo que fala. Isso enchem seus olhos, e nem percebem que eles fazem isso com todas, afinal é a técnica perfeita desenvolvida. Útil ao agradável!
Lamentam que os caras só querem elas apenas por uma noite e nada mais
Só lamentam que os caras só querem sexo, mais espera. O próprio foco é a beleza, então elas usam saias curtas, decotes, tem barriga tanquinho, claramente elas querem ser reconhecidas por ter um belo corpo. E depois cobram ser reconhecidas pelo seu interior? Falta mais números nessa equação aí! 
Só querem experimentar seus desejos, sem vinculo nenhum claro
E o que elas fazem? acabam se convencendo que querem casar e ter filhos, que são azaradas e que só fazem escolhas erradas. Mais pense comigo no poder que elas sentem ao verem vários homens as idolatrando, postam no facebook: ''Que frio :$'' 5 minutos depois, mil comentários desses homens dizendo:'' Eu te esquento linda'' e mais mil curtidas no post. Auto estima lá em cima, e pensam que estão no caminho certo.
Elas são ''seletivas'' 
Afinal escolher quem mesmo? sabendo que a demanda é grande? Mais claro que nunca é suficiente pois vai que aparece aquele tal ''carinha perfeito'' que elas ''tanto'' esperam. Elas realmente querem um relacionamento sério?
Não sei se está certo ou errado, mais só tentei mostrar algumas incoerências entre oque se diz e oque se faz... apenas isso! :)
Um tema que geralmente um homem escreveria e não uma mulher, mais quem disse que eu sou normal? eu escrevo mesmo!! 

Já vi quantos relacionamentos legais acabarem por uma razão tão critica e aparente. Ele era o tipo de cara que sempre apoiou sua parceira, supria as carências, sempre atendeu todos aos seus pedidos, mais nunca era suficiente...
Não entendo sobre mente masculina, o pouco que entendo é que opera diferente das nossas, o principio que norteia o homem é a concretude dos fatos, da mulher funciona por ondas de sentimentos. Na maior parte das vezes oque a mulher afirma não expressa uma verdade absoluta, não estou dizendo que mulher mente, apenas que isso é uma ''onda'' passageira de emoções. O erro do homem é que ele escuta a mulher com a mesma intensidade de como ouve um amigo. O que o amigo diz, é realmente oque ele quis dizer, oque uma mulher diz nem sempre é a verdade. Isso significa que se o homem reage ao que a mulher pede dele, provavelmente irá se dar mal, é preciso ir além!!
Uma tática muito comum (e errada) que a mulher usa para desestruturar um homem acusa-lo por qualquer coisa, a reação imediata do homem é se desculpar ou rebater o argumento provando que ele tem razão! saia fora dessa! 
Um exemplo, quando a mulher pede para um homem parar de trabalhar e que dê mais atenção a ela, isso não quer dizer que ela esta pedindo mais atenção, apenas esta dizendo que esta insatisfeita com o relacionamento,  caso você deixe tudo para ficar com ela isso pode ser desastroso. Ela queria vê-lo trabalhando e convicto de suas decisões. Estranho não?
Se um homem abre mão de muitas coisas por sua mulher, corre um GRANDE risco de ficar sozinho, ela diz que quer ser a numero um em sua vida, mais na verdade não é isso que ela quer de fato, só quer dizer que você trabalha muito, e nesse tempo não a espaço para ela. 
Uma mulher admira um homem que tenha um propósito na vida, ela precisa que ele tenha um direcionamento em suas ações, caso ele esteja perdido, desorientado de si mesmo, essa mulher não confiara em sua ''força masculina''. 
Outra dica:não entre em discussões do tipo: ''Aquele dia você me disse uma coisa, agora disse outra'' Aquele dia era um estado de espirito,hoje em dia é outro. Quer discutir sobre a relação? Discuta sobre o amor que os conecta!
Argumente pouco, porque não é pela lógica racional que ira convence-la.
Se quer intender as mulheres comece dispensando os manuais (inclusive isso), e aprenda um pouco de metáfora ou vire gay. 
Fico me perguntando, se algumas mulheres não tivesse o dom de arranjar problemas com os homens oque seria das cartomantes? 


E se alguma mulher discordar disso te passo meu endereço e agente resolve isso ao vivo, tudo que ta ai é a pura verdade! E se continuar negando que não seja, só tenho mais certeza de tudo que acabei de escrever! Afinal creio eu, que todo homem concordará com isso. 


Em algum momento da vida você já imaginou que existiria uma pessoa reservadamente apenas para si, não é mesmo? Como se fossem feitos um para o outro.
Eu fico pensando nas pessoas que procuram essa tal pessoa em sites de relacionamentos... As pessoas procuram lá porque talvez o motivo maior seja encontrar alguém que estivesse totalmente fora de nosso convívio e que soubesse tão pouco ao nosso respeito, a expectativa da perfeição lá fica maior.
Logo no cadastro da maioria desses sites agente teria que descrever sobre nós e sobre o que esperamos das pessoas, já é uma puta dificuldade escrever sobre nós mesmo, e o par ideal? Terrível. 
Com o tempo agente aprende que não existe par perfeito, e sim uma química perfeita, aqueles pré requisitos que você inventa na cabeça se mostram bem inúteis quando de fato é fisgado por alguém que se apaixona. 
Química perfeita: não significa gostos idênticos, muito menos que vcs se intendem a cada detalhe.
Selecionar demais a pessoa perfeita pode ser um perigo tão grande quanto se atirar muito. Cada vez mais homens e mulheres estão extremamente defendidos sobre o amor. Alegam que que estão machucados, desconfiados, ressentidos, bloqueados, enfim, por conta de todos as experiências ruins do passado, dizem que é necessário o excesso de precaução. Acho isso bem limitado, é como entrar em uma nova empresa, imagine, será que eu deveria dar o meu pior por conta das insatisfações e queixas da empresa anterior?
Eu acredito que essa ''estratégia'' de se proteger exageradamente no fundo é apenas uma desculpa para ficar preso no passado, sem risco ou novidade.
Perfeição não existe, mais disponibilidade para conhecer e se render ao outro sim, e isso depende de nós mesmo e não dos outros...

Na duvida, vale a pena tentar.

domingo, 24 de fevereiro de 2013

Sexta Feira! 

Felipe era daqueles que não acredita em amor a primeira vista, que nao acreditava que a sua tampa da panela existia,então sem pressa resolveu mudar seus caminhos, passou por aquela rua que nunca tinha passado antes, lá havia uma sorveteria em que Ana trabalhava, aquela sorveteria antiga, que seus pais frequentavam quando eram novos, agora sob nova direção, trabalhava Ana, uma menina doce de pais separados... A única parte da anatomia que ele prezava era a cabeça,sem cérebro,ele sabia que era bonito e podia ficar com quem ele quisesse e aquela ali,aquela meninha,seria só mais uma na sua lista...felipe amava, as personalidades de Ana, justamente por nao conseguir ter sentimento, vivia em um mundo preto e branco, sem gostos, sem vida !
Ele amou um dia,amou demais e talvez ainda ame a mesma pessoa,dizem que nós amamos só uma pessoa durante a vida toda,que o resto a gente só gosta,tenta se apaixonar de novo,mas não consegue,eu custo a acreditar nisso,porque quero deixar de ser frio como ele e quero tentar amar de novo,mas ele simplesmente desistiu,tudo era só diversão!
Felipe então desistiu, talvez de tudo aquilo que por algum momento seria a sua vida. Ana então continua sua rotina triste, sem amigos... Um ano se passou, e como era de se prever Felipe volta aquela rua com sua nova namorada Bianca, Ana ja esta grande e mais bonita... Felipe então olha para aquela garota tão diferente, sera que....? até que que Ana, aparece com u m menino novo, Bruno, uma pessoa estranha, tentava ser normal, mais era mto sombrio, a vizinhança tinha medo...
Bruno entao queria algo a mais com Ana, mais Felipe o reconhecia, em seus olhos ele demonstrava dor, algo sombrio, algo mto pior do q Felipe jamais imaginou... Ele queria estar no lugar dele,era inveja,isso,era inveja sim o que ele sentia,por que ela ficou com esse cara?O que ele tem,que eu não tenho?Ele se perguntava sempre,a única coisa que ele tinha certeza disso era que amava ela e tinha ouvido um não,simples,seco,ela não era menina pro bico dele,ela tinha sonhos de sair dali,voar pra longe,ir em busca dos sonhos dela e não queria viver só mais uma aventura,queria alguém que a valoriza-se como ela é,que a fizesse se sentir desejada,ele seguiu a sua vidinha,mas não desistiu dela,ele queria afagar aqueles cabelos,beijar aquela boca,sonhava com ela e quando tocava na cama,ela não estava lá,era outra mulher,uma que ele não amava,uma que esperava um filho dele e outro já estava ocupando o coração de Ana!Um filho? pensava Ana - desanimada de tudo e principalmente com Felipe, Ana nunca tinha amado assim antes, não sabia oque fazer mais, estava sem chão, o buraco no peito permanecia, procurou coisas para distrair sua cabeça, mais tudo que vinha era somente Felipe e aquele filho com outra pessoa, pessoa no qual não era ela, desconsolada e perdida Ana resolveu procurar um profissional para ajuda -la, nesses encontros que a ajudariam Ana encontrou Jhonatan, um menino estranho mais legal... Bruno, revoltando-se, com jhonatam, por causa de seu "amor" com ana, nao aceitava, ter cido deixado de lado...combinou de encontrar-se com ana....marcaram em um lugar, calmo e distante de todos, ana chegou, bruno disse, relaxa, tdb ?, como ta o bebe ?ela espanta-se com tudo isso,...bruno levanta, da um bjo apaixonado em Ana, como se fosse o ultimo...e era, ele pega uma faca do bolso, e passa na garganta dela durante o bjo, o bjo apaixonado com gosto de sangue...com gosto de amor....ele deita ela, enquanto o sangue deixa o corpo, o corte foi tao profundo que cortou as cordas vocais, ele ficou olhando a vida dela deixando seus olhos....coberto de sangue, ele poe fogo no corpo e enterra seus restos mortais, poe fogo na roupa que ele estava usando...agora nada pode incrimina-lo, ninguem conhece a verdade sobre ele...quem será de verdade esse bruno ? Ana está desaparecida há dias,ninguém a viu,ninguém ouviu falar,ninguém pensou nela,as pessoas já estavam começando a se esquecer e se perguntar,quem era Ana?É engraçado como a existência de algumas pessoas é tão trivial,você passa por pessoas na rua durante o seu dia e nem nota,nem olham no rosto um do outro,ele só queria ouvir a voz dela dizendo eu estou bem,como todo mundo podia acreditar que ela foi embora,ela não irai assim,ele sabia que ela amava ele e que não iria partir assim,não sem dizer adeus,sem lhe dar um beijo de despedida. A obsessão beirando a loucura,ele precisava de respostas,ele precisava encontrá-la,correu pela cidade,procurando em cada canto,em cada beco,sentiu o perfume dela vindo de uma desconhecida e por uma ilusão enxergou ela de costas,mas era só uma estranha,algo dentro dele dizia que alguma peça não se encaixava nisso tudo,ele batia a cabeça na parede,o que eu deixei passar?Um simples detalhe não percebido,faz a diferença,enquanto todos não se importam,inclusive Bruno,que nada sabia,que não sentia diferença alguma! Felipe começou a ter pesadelos, sentia que Ana não estava bem, sentia que talvez dessa vez a tivesse perdido de verdade, então sua rotina era essa... procurar Ana! Tolo dele achar que Ana estava viva, então é encontrado o corpo de Ana com garganta cortada, assustado Felipe nao iria deixar isso queto, nao cairia no esquecimento, então resolveu ir atraz de quem fez tal barbaridade, então de boca em boca chegou até Bruno, com raiva e sem pensar em nada foi em sua garagem e pegou a antiga arma de seu pai, sem pensar em nada atirou a queima roupa em Bruno.  tentando fugir de tudo, para não ser incriminado, sem saber o que fazer...
Felipe só não esperava encontrar, Paulo, o irmão gêmeo de bruno, a essência de toda a maldade de Bruno, um psicopata, sociopata, psicótico, ao longo de sua vida, tinha matado mais de 50 pessoas, porem sem provas para incrimina-lo, Paulo era o próprio demônio em forma humana, caminhava na multidão como um outro qualquer, uma pessoa normal, o que ele não era...
ele sequestra Felipe, e o faz sofrer, o tortura, por dias, por semanas, incontatáveis foram as vezes em que, o coração do Felipe não suportava a dor, e simplesmente parava de bater, Paulo por sua vez, o fazia voltar a bater com adrenalina, e desfibriladores...
Felipe queria mais do que qualquer outra coisa, parar com esse sofrimento, com essa dor...
apos 1 mês de tortura, Paulo, com um anjo, cura ele desse sofrimento, lhe entregando o doce beijo da morte, encobre todas as pistas novamente, e deixa a cidade pra traz sem deixar pista alguma, nada pode incriminar esse homem...
deixando pra traz, o nada....
uma mera passagem de sua existência...Felipe só não esperava encontrar, Paulo, o irmão gêmeo de bruno, a essência de toda a maldade de Bruno, um psicopata, sociopata, psicótico, ao longo de sua vida, tinha matado mais de 50 pessoas, porem sem provas para incrimina-lo, Paulo era o próprio demônio em forma humana, caminhava na multidão como um outro qualquer, uma pessoa normal, o que ele não era...ele sequestra Felipe, e o faz sofrer, o tortura, por dias, por semanas, incontatáveis foram as vezes em que, o coração do Felipe não suportava a dor, e simplesmente parava de bater, Paulo por sua vez, o fazia voltar a bater com adrenalina, e desfibriladores...Felipe queria mais do que qualquer outra coisa, parar com esse sofrimento, com essa dor...apos 1 mês de tortura, Paulo, com um anjo, cura ele desse sofrimento, lhe entregando o doce beijo da morte, encobre todas as pistas novamente, e deixa a cidade pra traz sem deixar pista alguma, nada pode incriminar esse homem...deixando pra traz, o nada....uma mera passagem de sua existência... Paulo assobiava andando na beira da estranha pouco movimentada,só com uma mala na mão,lembrando de todas as atrocidades que cometeu e deixou pra trás,ele só estava a espreita,esperando a próxima oportunidade,mas ele tinha um destino certo,voltar pra sua cidade natal,o ponto onde tudo começou,onde um homem que se julgava pai havia molestado os quatro filhos,foram anos de abuso,a mãe cega não enxergava nada e aquilo foi transmutando uma personalidade fria e doentia que já habitava nas entranhas,nos genes deles,ele precisava concluir o seu destino,matar aquele homem,mas seus irmãos se desviaram do caminho,Ana resolveu trabalhar,aquela puta,se fingindo de santa,dizendo que amava aquele idiota e o Bruno cometendo incesto com ela,Jonathan dando uma de falso terapeuta,estelionatário do caralho,Bianca namorando aquele escroto agora enterrado debaixo da terra,só eu que tenho bom senso na porra dessa família,não viemos aqui pra viver vidinhas felizes,isso não existe,viemos aqui pra matar aquele desgraçado,o carro parou quando ele deu sinal,um senhor de idade,ele entrou no carro,olhou pro homem nos olhos e pensou,eu sou normal,na minha anormalidade,sorriu debochadamente e cravou um lápis no olho do senhor bebendo o sangue,jogou o corpo no asfalto e olhou pra estrada - PAPAI LÁ VOU EU!

Créditos: Renato e Johelder.

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Super Heróis é o vicio também...

Pra começar bem, meus preferidos: X MEN, tem 5 filmes, um sendo a primeira classe e o outro Wolverine, enfim, vou postar a origem só pq se eu postar todos o post fica grande! 



HOMEM DE FERRO, também tem o 2 e o 3 jaja sai e eu ja to surtandooooooooo :( só vou por o trailer do primeiro também! apesar que eu prefiro o 2 :p




THOR (bom, é o thor né!)




HOMEM ARANHA (Eu só gostei do 1 mesmo, os outros são uma bosta!)




CAPITÃO AMÉRICA (Mais uma vez não achei dublado essa desgraça)





Bom esses são os preferidos, ODEIO BATMAN, não gosto muito dos filmes do HULK, SUPERMAN não me desce e LANTERNA VERDE me brocha! então são só esses :D


AÇÃO!

BUSCA IMPLACÁVEL 1 E 2! (Prefiro o 1, mais como tem continuação to postando)




GIGANTES DE AÇO (Mistura de ação com drama)



VELOZES E FURIOSOS 5 (Não gosto muito dos outros, mais o 5 é foda deeemaaais!)




Bom esses são os que eu mais gosto, tem The Rock tb, só que não achei o trailer :/ se eu achar eu posto! :D
TERROR
viiish, tem filme ein? meu gênero preferido e tal! Vou postar sobre exorcismo nos filmes, meus preferidos :p

O EXORCISTA (Clássico, clássico, clássico!) 




A FILHA DO MAL (Perdi a chance de ter visto no cinema, pois várias pessoas disseram que era podre, maaais eu curti a história!)




O EXORCISMO DE EMILY ROSE  (Não achei dublado essa desgraça, eu gosto da história, mais esse é faquinho!)




EVIL DEAD (Outro clássico, esse é pra quem ficava assistindo Cine Trash na band de sábado a noite!)




O ULTIMO EXORCISMO (Eu adoro!)




Dentre todos, esses sãos os meus preferidos :D

Romance também faz parte da minha lista, eu vou por só o trailer porque são poucos que eu assisti e realmente gostei, se eu for por a história e o trailer vai ficar muito grande o post, então ai vai :p

Um amor para recordar (clássico, todo mundo ja viu, ATÉ EU!)



500 dias com ela (Tive que assistir umas 5x pra realmente começar a curtir, pois se o tema é romance e todos nós esperamos que o mocinho fique com a mocinha, né?)




Querido John (Foi amor a primeira vista, é PERFEITO)




Doce Novembro (Peeerfeito! mais triste também)




E por ultimo, Lembranças! (Esse até eu choro!)



Esses são os melhores pra mim! certamente tem mais, mas nunca lembro então se eu lembrar eu posto :D


Bom agora é Crash- No Limite, não vou comentar sobre ele, afinal acho que todo mundo deve assistir.

O filme se passa na cidade de Los Angeles e mostra vários personagens como uma dona de casa e seu marido promotor público de alta sociedade, um lojista persa, um casal de detetives da policia ele afro americano e ela uma latina que também são amantes, um diretor de televisão afro americano e sua esposa, um mexicano especialista em chaves, dois ladrões de carros da periferia, dois policiais sendo um deles novato e um casal coreano, esses personagens acabam se aproximando indiretamente a maioria dos personagens retratado neste filme são prejudicados de alguma forma por sua etnia e por seu nível social e acabam se encontrando em situações que os fazem examinar o seu próprio ser e principalmente os seus preconceitos.
O filme Crash não possui uma trama central, mas várias tramadas por contigüidade. Assim, tudo se une como um quebra-cabeça de vários destinos que se chocam ou tocam aparentemente por acaso. Nesses termos, um casal branco formado pelo promotor Rick (Brendan Fraser) e sua esposa Jean (Sandra Bullock) são, logo no início do filme, assaltados por uma dupla de negros (Larenz Tate e Ludacris). Paralelamente, existe uma família persa, cuja loja é assaltada e depredada depois que o dono se recusou a trocar uma porta com defeito, apesar das recomendações do chaveiro hispânico Daniel (Michael Peña). Além disso, há o diretor negro de cinema Cameron (Terrence Howard), cuja esposa negra é humilhada por um policial truculento (Matt Dillon) em uma operação de revista na rua. Este policial tem como parceiro de serviço o jovem policial Hanson (Ryan Phillippe), que condena a atitude do colega em um primeiro momento, mas comete o assassinato, motivado por preconceito racial, de um dos assaltantes negros do início do filme que, ao final, revela ser o irmão mais jovem do investigador de polícia interpretado por Don Cheadle que, por sua vez, tem um relacionamento não assumido publicamente com uma investigadora hispânica, que é a sua parceira de trabalho.
O filme crash no limite está associado aos ódios sociais, cultural e xenófobo que existe na sociedade americana. Crash é um filme bem elaborado e corajoso que mostra todo tipo de preconceitos da sociedade americana, que esta presente na construção da individualidade e em ações do cotidiano, podendo aparecer em qualquer momento, apesar de as pessoas tentarem esconde-los, com a rapidez da vida moderna, em algum momento, todos perdemos o controle e acabamos por reproduzi-los


E o trailer: